Notícias

PUB.
Cerca de 20 % da população do concelho de Miranda do Douro está inscrita no centro de Novas Oportunidades (CNOS). No último fim-de-semana 183 formados receberam o diploma do processo de Reconhecimento, Valorização e Certificação de Competências correspondente ao nono ano. Para alguns esta foi uma oportunidade única de continuar a estudar e prometem não ficar por aqui.
Foi um protesto, no mínimo, original. João Nunes, comerciante de Carrazeda de Ansiães, transformou numa campa fúnebre um espaço destinado a uma árvore, como forma de protesto contra as obras de arranjo levadas a cabo na Rua Luís de Camões. Num rectângulo depositou areia suficiente para simular um túmulo, colocou uma cruz, coroas de flores, lamparinas e cartazes onde mostrou a sua discordância da obra e ainda disponibilizou um “livro de condolências” para juntar apoiantes.  
A Ford vai dar a oportunidade aos amantes da marca de poderem usufruir de um modelo Focus desportivo, com todas as performences do actualmente utilizado no mundial de ralis...  
A cerimónia de abertura da Rural Castanea vai contar com a visita do secretário de estado do desenvolvimento rural e florestas, Ascenso Simões. Até domingo, em Vinhais, não vai então faltar a castanha preparada no maior assador do mundo, acompanhada do vinho e da jeropiga.
Em plena crise e com a ajuda da DECO, a Brigantia deixa alguns conselhos aos ouvintes de como aplicar os euros que se conseguem poupar ao final do mês.
O Deputado do PSD eleito pelo distrito de Bragança diz que o governo não está a cumprir o compromisso. O Helicóptero prometido para servir o distrito já devia estar em funcionamento desde 1 de Janeiro de 2008.
Outubro foi o mês internacional das Bibliotecas Escolares e o Agrupamento Vertical de Escolas de Macedo de Cavaleiros assinalou a data com várias actividades. Hoje, como último dia do mês, tem início um novo projecto em que a Biblioteca Municipal vai às escolas.  
Vários estabelecimentos localizados em pleno centro da cidade de Bragança foram assaltados na madrugada de ontem. Os larápios passaram por cafés, cabeleireiros, pastelarias e até por uma escola primária. Em comum estes assaltos têm o facto de os ladrões terem levado apenas dinheiro, não levando nenhum material dos estabelecimentos. Alguns proprietários confirmaram os roubos à Brigantia.
A unidade hospitalar de Macedo de Cavaleiros enviou uma carta endereçada a um utente, que já faleceu há quatro anos, para pagar umas análises e exames radiológicos que efectuou dois antes do óbito, naquele mesmo hospital. Um caso caricato, mas que causou muito incómodo a uma família de Macedo de Cavaleiros. O filho está indignado com este procedimento.