Deputado europeu do PCP propõe um plano estratégico de desenvolvimento específico para o interior

Ter, 13/03/2018 - 09:50


O deputado do PCP no Parlamento Europeu, Miguel Viegas, diz ter ficado perplexo com as declarações do Coordenador da Unidade de Missão para a Valorização do Interior, João Paulo Catarino, quando, há uma semana, avançou, em Mirandela, que 60% das 164 medidas do Plano Nacional de Coesão Territorial já foram concretizadas e estão no terreno.

Miguel Viegas diz mesmo que os números são “fictícios”.

Declarações do deputado do PCP do Parlamento Europeu, no passado sábado, em Mirandela, na conferência de imprensa, sobre o balanço da visita de dois dias que Miguel Viegas efectuou ao distrito de Bragança, onde reuniu com diversas associações representativas dos agricultores.

O deputado do PCP diz ter confirmado aquilo que já suspeitava, no que toca à falta de investimento no Interior. Para inverter esta tendência o PCP defende “um plano estratégico de desenvolvimento específico para o interior, com particular incidência num plano de promoção dos recursos endógenos”.

Ao nível do Parlamento Europeu, Miguel Viegas diz que o seu partido está a preparar a apresentação de uma proposta para que Bruxelas duplique a dotação no orçamento do fundo de coesão, após 2020.

O Deputado do PCP no Parlamento Europeu, Miguel Viegas, veio ao distrito de Bragança, auscultar as principais dificuldades das associações de agricultores e anunciar as medidas que o seu partido vai defender na Assembleia da República e no Parlamento Europeu para um maior investimento no Interior. Escrito por Rádio Terra Quente (CIR).