Capoulas Santos anuncia projectos de regadio para o distrito de Bragança

Qua, 11/07/2018 - 10:32


O Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural anunciou os projectos que já estão aprovados no distrito de Bragança para a construção de novas barragens e ampliação e reabilitação de infraestruturas de regadio. 

Capoulas Santos referiu que à beneficiação da barragem da Estevaínha e ao regadio de Camba em Alfândega da Fé, se juntam mais projectos aprovados há poucos dias. "Há poucos dias foram igualmente decididos um outro regadio que tem a ver com a barragem de Jebelim, que é o aproveitamento de Vilar Chão e Parada, que são 480 hectares e correspondem a um investimento de mais de 14,4 milhões de euros e ainda a barragem de Olgas, no concelho de Vila Flor, que será o aproveitamento agrícola do Freixiel, um investimento de mais de 10, 2 milhões de euros e ainda em Vale de Madeiro, no concelho de Mirandela, um investimento menor de cerca de menos de um milhão de euros", explicou Capoulas Santos.

Este conjunto de projectos já aprovados para o distrito de Bragança traduz um investimento de perto de 35 milhões de euros. Este programa corresponde em todo o país a cerca de 95 mil hectares de beneficiação de regadios ou à criação de novos. Por isso, Capoulas Santos destacou a importância desta aposta. "É uma grande aposta na água e no regadio, para combater as alterações climáticas, para dar mais condições de competitividade aos nossos agricultores, para que o país exporte mais e importe menos. Visa sobretudo combater a desertificação. Está prevista a criação de mais de 10 mil postos de trabalho até 2022. Representa emprego, representa riqueza, representa fixação das populações. Estamos a contribuir para o desenvolvimento do país, a agricultura está a dar um grande contributo", afirmou.

Quanto a Macedo de Cavaleiros já se está a trabalhar num projecto de construção de uma barragem para servir a zona nascente do concelho. Um projecto que o município espera conseguir submeter já no próximo período de candidaturas. O presidente da autarquia macedense, Benjamim Rodrigues, espera que o seu concelho seja agora um dos contemplados com investimentos no regadio e explica que Alfândega da Fé, para um território mais pequeno, viu recentemente três projectos aprovados. "Se pensarmos, por exemplo, Alfândega da Fé, um concelho tão pequeno aprovou agora três. Fazia todo o sentido que nós, um concelho que na zona nascente está tão a descoberto, numa área bem maior do que a que foi neste momento aprovada para Alfândega e ele aprova. É uma zona do concelho que está com uma grande implantação de jovens agricultores, dinâmicos, com grandes empreendimentos. Estou convencido que sim, temos que argumentar bem", explicou Benjamim Rodrigues.

No distrito de Bragança, há outras intenções de candidaturas de barragens nos concelhos de Vimioso, Alfândega e Mirandela que poderão ser submetidas no período de candidaturas aberto em Setembro para que até ao final de 2022 se processe a fase de execução de obra.

Escrito por Brigantia

Jornalista: 
Carina Alves