Brama dos veados ecoa no território no Parque Natural de Montesinho

Qua, 10/10/2018 - 11:06


O Parque Natural de Montesinho é um dos palcos para a brama dos veados que ocorre nesta altura do ano.

Está a terminar a brama dos veados que só ocorre nesta altura do ano. Este é o momento de acasalamento destes animais, em que os machos emitem berros altos ou bramidos para marcar o seu território e defender as suas fêmeas, como explica Luís Costa, gerente de uma empresa de animação turística brigantina, a Anda D'I, que faz visitas guiadas ao terreno: “esta é a época de acasalamento dos veados. Só acasalam durante um período de um mês, que não é linear. Mais ou menos entre 15 de Setembro a 15 de Outubro.
Nessa altura, os veados escolhem locais com menos vegetação para terem maior visibilidade e eles têm esses bramidos com várias vocalizações para marcação de territórios ou por causa das fêmeas, ou até para avisarem rivais que têm ali fêmeas e que têm que as defender. Basicamente, esta é a época de acasalamento dos veados em meio natural”. 

Para quem assiste e nunca ouviu ou viu, este é um momento surpreendente: “para os participantes o bramido é surpreendente. E depois há episódios como as lutas dos veados que quando assistidos em meio natural é algo fantástico. E depois ver o porte do próprio animal é muito diferente do que as pessoas vêm na televisão.”

O momento da busca poderá causar muita adrenalina, como destacou o guia: “o interessante nisto além de os ouvir e ver é a busca. Ouvi-los ao longe e ir atrás causa adrenalina e gosto.”

Cada vez mais há mais pessoas que vêm assistir à brama dos veados e é um produto turístico mais consolidado.

Escrito por Brigantia 
Foto: Madalena Marinho 

Jornalista: 
Maria João Canadas