PUB.

Ténis de mesa: CTM Mirandela tenta hoje na Hungria apuramento inédito para final da Taça Europa Feminina

PUB.

Ter, 26/03/2024 - 16:55


Mirandelenses estão em desvantagem nas meias-finais depois de terem sido derrotadas, em casa, por 3-1

O Clube Ténis de Mesa (CTM) de Mirandela tenta, esta noite, na Hungria, o apuramento inédito para a final da Taça Europa feminina, no jogo referente à segunda mão das meias-finais, frente à equipa magiar do Budaörsi.

Para já, parte em desvantagem, depois de ter sido derrotada na partida da primeira mão, disputada em Mirandela, no início deste mês, quando perdeu por 3-1.

A equipa mirandelense já se encontra na Hungria e com uma baixa de peso, já que a atleta de Singapura, ZHOU JUNGYI, que representa o CTM Mirandela, está lesionada. “Ela já tinha jogado com algumas debilidades no jogo da primeira mão e agora agravou a lesão, não podendo dar o seu contributo à equipa”, esclarece o presidente da direção do CTM Mirandela.

Ainda assim, apesar de todas estas contrariedades, Isidro Borges ainda não atira a toalha ao chão e acredita no valor das atletas Matilde Pinto, Inês Matos, e Annamaria Erdelyi, orientadas por Xie Juan. “Ainda não perdemos, porque ainda não jogamos”, afirma. “Vamos estar com a nossa imagem de marca e com aquilo que é a nossa identidade e acredito naquilo que são as atletas do nosso clube e sobretudo na treinadora, Xie Juan, que Mirandela viu chegar há 27 anos e tanto ela fez por Mirandela e, se calhar, pouco reconhecida”, lamenta.

Independentemente do resultado, Isidro Borges sublinha “a excepcional campanha europeia que o clube está a realizar” mas não deixa de lamentar que nesta partida tão importante não esteja representado o Município de Mirandela. “Era bonito que a nossa cidade, quando está tão bem representada na Europa, e não está assim em tantas coisas na vida do Município, também era muito interessante que o próprio Município que é a entidade que mais nos pode representar em termos de comunidade, também não se faz representar e por isso estamos sempre em dificuldade”, conclui.

Depois da derrota caseira, por 3-1, na primeira mão das meias-finais da Taça Europa Feminina, frente às húngaras do Budaörsi, esta noite, o CTM Mirandela tenta na Hungria dar a volta ao resultado e tentar carimbar a presença na final da competição europeia.

Escrito por Rádio Terra Quente (CIR)