PUB.

Oposição da câmara de Vinhais aponta ilegalidade no circuito urbano de transportes e quer novo autocarro

PUB.

Sex, 18/10/2019 - 09:46


A oposição na câmara de Vinhais aponta a necessidade urgente da aquisição de pelo menos um autocarro que cumpra as condições legalmente estabelecidas para o transporte de crianças.

Os vereados da coligação “É tempo de Mudar” já tinham tomado posição sobre o assunto, refere Carlos Almendra:

“Em Agosto de 2018 tinha sido solicitado, pelo presidente, uma autorização para criar um circuito urbano de autocarros que já não podem fazer o transporte de crianças, por ultrapassarem o limite legal de 16 anos. Na altura, votamos contra e alertamos para o facto da criação do circuito urbano não resolver a situação. O circuito urbano não é conhecido e não estão sinalizadas paragens, nem está regulamentado, portanto toda essa situação é uma forma esperta de contornar a ilegalidade”, referiu Carlos Almendra, da coligação “É tempo de Mudar”.

Na próxima reunião de câmara, que acontecerá na segunda-feira, Carlos Almendra disse que vai defender a necessidade de aquisição de um autocarro, o mais rápido possível.

“Não é pelo circuito ser urbano ou por se tentar contornar a lei que vamos achar que as coisas estão regulares e a segurança está garantida. Claramente que não está garantida”, reforçou.

O autarca do município, Luís Fernandes, que detém o pelouro dos transportes, referiu que não se trata de um circuito escolar, mas circuito urbano e o dístico no autocarro induziu em erro. Salienta ainda, que houve aproveitamento da situação por parte da oposição.

“Há uma anomalia no sentido em que esse transporte estava assinalado com sendo transporte escolar, mas é um transporte urbano, que é apenas feito dentro da vila. E havia um logótipo que estava nesse autocarro que tinha a designação de transporte escolar, portanto é um mero proforma, que penso que não é problema nenhum. É verdade que houve um aproveitamento político, mas para mim, o que me interessa é salvaguardar a segurança e o serviço prestado”, disse.

Luís Fernandes sublinha que os veículos estão em bom estado, ainda assim, se for preciso, será adquirido um novo autocarro.

“Esses autocarros foram remodelados e vistoriados, portanto estão em condições. Claro que se for possível adquirir novos autocarros, será feito”, afirmou.

Este é um assunto que será debatido na próxima reunião de câmara de Vinhais.

Escrito por Brigantia

Jornalista: 
Ângela Pais