Futsal: Macedense segue para a quarta eliminatória da Taça de Portugal

Qui, 08/12/2022 - 22:37


O Grupo Desportivo Macedense está na quarta eliminatória da Taça de Portugal de Futsal.

A equipa treinada por Costinha garantiu hoje a passagem após o triunfo por 6-4 frente ao Dínamo Sanjoanense.

Riquinho (2', 38'), Takumi (7', 31'), Ivan (23') e Paxa (35') apontaram os golos do GDM. Pedrinho (33', 39', 39') e Fernando Costa (38') marcaram para a equipa de São João da Madeira.

Costinha, técnico do Macedense, destacou a boa prestação da sua equipa, sobretudo na primeira metade. “Na primeira parte fomos intensos e competentes. Jogámos no campo todo e finalizámos algumas das ocasiões. Na segunda parte, o jogo mudou de características porque estando o adversário limitado na utilização de alguns atletas, por questões físicas, para não desgastar tanto optou pelo cinco para quatro e nós assumimos respirar enquanto a bola saía para a linha do adversário. Mas, conseguimos avolumar o marcador. Depois a competência defensiva foi adiando os golos do Dínamos, que apesar das limitações físicas tem uma equipa fantástica”.  

Agora é esperar pelo sorteio da quarta eliminatória e que coloque no caminho do Macedense um emblema da Liga Placard, este é o desejo de toda a equipa. “Se possível em casa e com uma equipa que possibilite aos nossos adeptos ver um grande jogo de futsal e nomes sonantes da modalidade. Seria um prémio para os nossos jogadores”.

E Bruno Guimarães, técnico do Dínamo Sanjoanense, já esperava dificuldades, pois considera que a classificação no campeonato, 10º lugar, não reflecte a qualidade do Macedense. “Eu tinha avisado para as dificuldades que íamos ter aqui. Este Macedense não espelha a classificação que tem. É uma equipa da nossa série e que no campeonato começou com três derrotas mas tem vindo a crescer. Sabia da qualidade da equipa do Macedense e do ambiente que que se vive aqui e que é mundo difícil passar aqui”.

O técnico do Dínamo admite que a sua equipa esteve aquém de uma boa exibição. “Penso que na primeira parte não fomos equipa, não nos encontrámos. Na segunda parte entrámos bem, com três ou quatro oportunidades. Pareceu-me falta no terceiro golo. Depois, andamos sempre a correr atrás do prejuízo e o Macedense defende bem, esteve sempre confortável no jogo e foi complicado. Hoje foi mau de mais. Foi um Dínamo sem rumo, sem chama, não foi a equipa com a qual estou habituado a trabalhar”, lamentou.

O Dínamo Sanjoanense fica pelo caminho na Taça de Portugal de Futsal. Já o Macedense segue para a quarta eliminatória, fase que já conta com as equipas da Liga Placard. As duas equipas voltam a encontrar-se no próximo domingo, mas para o Campeonato Nacional de Futsal da 2ª Divisão, na 12ª jornada, penúltima da fase regular.  

 

Jornalista: 
Susana Madureira