PUB.

Feira do Folar e do Azeite acontece este fim-de-semana em Izeda

PUB.

Qui, 21/03/2024 - 08:03


Pelo 22º ano, a vila de Izeda promove a Feira do Folar e do Azeite, nos dois dias do próximo fim de semana

São 25 expositores, de folar, azeite e outros produtos. E o espaço já é pequeno para a procura, refere Rui Simão, da Associação de Desenvolvimento da Região de Izeda, organizadora do certame. “Vamos ter 25 expositores, todos de interior dentro do Pavilhão Multiusos da escola. São seis expositores de folar e depois temos artesanato.

A nossa feira há muito tempo que obedece a uma regra: como é uma feira pequena, expositores de folar e azeite vão todos os que aparecerem. Dos outros artigos vem um expositor por cada, para desta forma funcionar mais ou menos bem para toda a gente.

Este ano tivemos até muita gente a solicitar inscrição na feira e já não as conseguimos satisfazer porque temos o espaço cheio. Aquilo é dentro do pavilhão, que não estica.

O ano passado o espaço foi suficiente, este ano há mais de um mês que está esgotada. De facto o espaço começa a ser pequeno.”

Além da venda de produtos, haverá outras atividades e animação musical. “Vamos começar no dia 23, que é o dia de abertura da feira, logo às 8h com uma caminhada solidária com a Liga Portuguesa Contra o Cancro. Já há dois anos consecutivos que estamos a fazer isto. Para participarem as pessoas pagam um valor simbólico de cinco euros e todo o que for angariado nessa caminhada reverte a 100% para a Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Depois, nesse dia, durante a tarde, temos a chega de touros, com sete lutas. À noite temos o grupo BMW que vai dar um concerto, ao qual se segue um dj que vai animar os mais jovens até altas horas da madrugada.

No domingo vamos ter o concerto da banda de música logo a seguir ao almoço, por volta das 15h, e, para acabar, a atuação de Ruizinho de Penacova, que mais uma vez vai fazer as honras da casa e fechar o certame deste ano.”

Quanto ao folar, um dos ex-líbris deste certame, o também presidente da Junta de Freguesia refere que uma eventual certificação não será fácil. “Já pensámos nisso, já desistimos disso também, antes da pandemia, e agora podemos voltar a pensar, mas é sempre uma situação muito complicada porque os produtores de folar de Izeda são sazonais, fazem pontualmente folar para a época da Páscoa, durante 15 dias. Ou seja, não têm condições, em termos de infraestruturas e instalações, para podermos certificar todo o folar de Izeda, a não ser que a lei seja bastante alterada.

Para certificar o folar só de uma entidade privada não faz grande sentido.”

O folar e o azeite são os atrativos dos dois dias do fim de semana à vila de Izeda, no concelho de Bragança.

Escrito por Onda Livre (CIR)