Construção do lar da Misericórdia de Miranda do Douro não avança sem financiamento

Ter, 24/01/2023 - 09:21


Sem financiamento o projecto da construção do lar para a terceira idade da Santa Casa da Misericórdia de Miranda do Douro não avança

A câmara municipal já cedeu o terreno, mas agora falta o dinheiro. No festival dos sabores mirandeses, a presidente do município, Helena Barril, expôs a situação à ministra da Coesão, para que alguma coisa seja feita.

“Não teve financiamento, mas temos a palavra da senhora ministra que já nos dá muito alento. Vamos reunir com a ministra em breve, para que encontremos a melhor solução para o lar da terceira idade. Sem o financiamento torna-se muito difícil avançar com o projecto”, afirmou.

De acordo com a autarca, obras de melhoria no actual lar da Misericórdia, com 50 anos, já não são suficientes para melhorar as condições aos idosos.

“Neste momento as condições em que os idosos estão não são deploráveis ao nível de estarem a passar mal, mas nós queremos melhores condições para eles. Andar com obras mesmo de melhoria, não vão colmatar as falhas que o edifício tem, é desperdiçar dinheiro e nós temos que ter a responsabilidade de não o fazer”, explicou.

A Santa Casa da Misericórdia de Miranda do Douro ainda candidatou o projecto ao Plano de Recuperação e Resiliência para financiamento de 3 milhões de euros, mas não foi aceite. O lar de idosos acolhe, actualmente, mais de 70 pessoas. 

Escrito por Brigantia

Jornalista: 
Ângela Pais