Turé resolve frente ao Torcatense

Dom, 19/03/2017 - 21:40


O Grupo Desportivo de Bragança regressou, este domingo, às vitórias, 1-0 frente ao Torcatense. 

Turé quebrou o enguiço num jogo com várias oportunidades de golo para os brigantinos. O ponta de lança foi decisivo, marcou aos 81’, e garantiu três pontos ao GDB.
Zé Gomes fala de um resultado justo e lamenta a falta de pontaria. Para o treinador o Bragança “foi superior”. “Dominámos o jogo do princípio ao fim, com critério e qualidade. Tentámos encontrar os espaços certos para fazer golo. Tivemos muitas situações para marcar mas a bola ou batia no jogador adversário ou ia ao poste”.
O Bragança terminou o encontro reduzido a dez unidades, após a expulsão de Moreira. O extremo viu cartolina vermelha aos 88’. Zé Gomes não se manifestou em relação ao lance mas reclama uma grande penalidade na sequência de uma falta sobre Turé aos 45 minutos. “O meu jogador tem a marca desse lance. Na minha opinião é grande penalidade, mas o árbitro ajuizou à maneira dele e não marcou nada”.
Do lado do Torcatense, o técnico, Francisco Branco, lamentou a expulsão de Pedro Campos aos 85 minutos. Para o treinador o árbitro teve “dualidade de critérios”, mas ressalva que o Torcatense “não perdeu por isso”.
Para Francisco Branco o resultado mais justo “era o empate” por considerar que as duas equipas tiveram boas oportunidades para marcar.
Concluída a jornada 6 da fase de manutenção do Campeonato de Portugal Prio, o Bragança é segundo na série A com 19 pontos. Quanto ao Torcatense é quarto com 13.

Jornalista: 
Susana Madureira