PUB.

José Pina (Ginásio Clube Mirandelense): "Queremos manter a esta bandeira por muitos anos"

PUB.

Seg, 02/12/2019 - 10:38


Em Outubro, o Ginásio Clube Mirandelense passou a integrar o grupo restrito de entidades certificadas que promovem os valores éticos no desporto.

Quase dois meses depois, o clube hasteou, no sábado, a Bandeira da Ética, uma certificação do Instituto Português do Desporto e Juventude através do Plano Nacional de Ética no Desporto.

Para José Pina, responsável pelo Ginásio Clube Mirandelense, é “um reconhecimento do trabalho desenvolvido nestes 30 anos de história”. “É um galardão importante e estou muito contente”.

A certificação da Bandeira da Ética tem validade até Setembro de 2021, não sendo renovável automaticamente.

O antigo campeão do mundo de kickboxing garante que o GCM tudo vai fazer para manter o estatuto de entidade promotora dos valores da ética e do fair-play. “Agora é preciso mantê-la e vamos trabalhar para isso. Queremos manter esta bandeira por muitos anos”.

O processo de certificação da Bandeira da Ética “reconhece ao Ginásio Clube Mirandelense capacidade para integrar este projecto na área da ética desportiva”, como frisou Cláudia Teixeira, Técnica Superior do Instituto Português do Desporto e Juventude.

E para Orlando Pires, vereador do desporto do Município de Mirandela, a atribuição da Bandeira da Ética ao Ginásio Clube Mirandelense reflecte a aposta dos clubes na certificação. “Mais uma vez confirma que os clubes do concelho de Mirandela merecem a nossa confiança e todo o investimento que fazemos”.

Também no sábado, o GCM promoveu um Sport Day que contou com vários profissionais de desporto e aulas de Aerokick.

 

 

Jornalista: 
Susana Madureira