Dois projectos dedicados à demência e a idosos do distritos apoiados por Prémio Fidelidade Comunidade

Qua, 03/06/2020 - 10:06


A Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro e a Associação Azimute, do concelho de Bragança, estão entre as vencedoras do Prémio Fidelidade Comunidade, que distinguiu 17 instituições a nível nacional, com um total de 500 mil euros.

No caso da Misericórdia de Mogadouro, o dinheiro vai ser aplicado no projecto de apoio domiciliário na área da demência, como explica o provedor desta instituição, João Henriques. “Foi considerado um serviço inovador e que se integrava nos objectivos do prémio”, destaca.

Para este projecto a Santa Casa conta agora com mais quase 47 mil euros, que têm como destino a aquisição de uma carrinha, essencial para fazer chegar este apoio a casa dos utentes.

Este tipo de financiamento continua a ser fundamental para manter este apoio às pessoas com demências, que se junta à comparticipação da câmara municipal, mas o provedor gostaria que a sustentabilidade do projecto passe a ser garantida pela Segurança Social. “O mais importante do projecto é o apoio que fazemos aos utentes e familiares de forma totalmente gratuita. Estamos a tentar, e a câmara tem-nos ajudado de forma notável, manter este serviço até a Segurança Social entender que é um serviço essencial à população e passe a dar-nos acordos pelos serviços que prestamos”, sublinhou.

Já quanto à Associação Azimute, o prémio de 24 mil euros vai permitir estender o projecto das Aldeias pedagógicas a mais duas localidades do concelho de Bragança. “O valor é para ser utilizado na replicação do projecto das Aldeias Pedagógicas, que existe desde 2010 na aldeia de Rio de Onor e de Outeiro”, avançou o presidente da associação, João Cameira.

O valor do prémio permite manter um posto de trabalho na associação. Este tipo de financiamentos é também considerado importante para a continuidade da actividade da Azimute.

O Prémio Fidelidade Comunidade distinguiu instituições sociais privadas sem fins lucrativos, dedicadas à inclusão social de pessoas com deficiência ou incapacidade, prevenção de saúde e envelhecimento. Escrito por Brigantia.

Jornalista: 
Olga Telo Cordeiro