Modalidades: Clube Académico de Bragança retoma treinos de hóquei em patins e voleibol

Ter, 04/05/2021 - 10:13


O Clube Académico de Bragança (CAB) já retomou os treinos das modalidades de competição.

Para este regresso à actividade todos os atletas, cerca de 70, foram testados à Covid-19, o que permitiu a retoma.

Mas, o reinício dos treinos não se antevê fácil no caso dos praticantes de hóquei em patins já que o CAB está impedido de treinar no Pavilhão Municipal de Bragança, o espaço está a servir de centro de vacinação, e o pavilhão do clube não reúne condições para a prática do hóquei.

“Como é óbvio não tem muitas condições. O piso é de cimento e nem tem as medidas necessárias. Mas, em vez de termos os atletas parados é preferível eles terem alguma actividade para não estarem dois anos sem calçar os patins”, referiu Paulo Gonçalves, presidente do clube brigantino.

Quanto ao voleibol a competição ainda é uma incógnita. “Tivemos uma reunião com a Associação de Voleibol de Trás-os-Montes e dissemos que só iriamos competir com equipas daquela associação. A federação lembrou-se de nos colocar num grupo com equipas de outras associações e nós dissemos que nessas condições não iriamos participar no torneio, pois obrigava-nos a ir a Viseu e até mais longe. Neste momento não temos condições para fazer essas deslocações. Estamos à espera de uma resposta da federação”.

A paragem da actividade desportiva provocou uma redução do número de atletas. Antes da pandemia o CAB tinha cerca de 500 atletas. Apesar de Paulo Gonçalves não conseguir quantificar os números actuais, o presidente garante que a diminuição é bastante significativa. O mesmo acontece em termos financeiros. As receitas são quase nulas.

“A nível financeiro as consequências da pandemia são graves, pois deixou de entrar uma grande receita resultante da prática desportiva dos atletas. É claro que tivemos alguma redução de custos porque não houve competição, logo não tivemos despesa. No entanto, a quebra é muito grande”.

Paulo Gonçalves diz ter tirado uma lição da pandemia, a organização do clube é feita diariamente e sem planos a longo prazo. “Não vale a pena dizermos o que vamos fazer, acho que temos que analisar as situações dia após dia. Esta pandemia veio ensinar-nos isso. Isto é tão volátil que nos obriga a ser ponderados e a não fazer grandes planos”.

O Clube Académico de Bragança iniciou a retoma dos treinos de hóquei em patins e voleibol, depois de quase um ano e meio sem actividade.

 

 

Jornalista: 
Susana Madureira