Futebol: GDB cede empate caseiro e deixa escapar vitória no último minuto

Dom, 31/01/2021 - 19:00


O Bragança somou, este domingo, o segundo empate consecutivo, 1-1 frente ao Pedras Salgadas.

Os golos do dérbi transmontano só surgiram na segunda metade. Nuno Silvano colocou os brigantinos em vantagem na marcação de um penalti e a equipa termal chegou ao empate já perto do final do encontro, aos 89 minutos.

Para Rafael Nascimento, treinador do GDB, foi um jogo com “duas partes distintas”. “Na primeira parte, talvez devido ao vento, parece-me que nos encostámos muito lá atrás e o Pedras acabou por nos criar dificuldades. Na segunda metade conseguimos impor o nosso jogo, marcámos e, depois, sofremos um golo após uma bola parada”.  

À semelhança do que aconteceu frente ao Vidago, o GDB esteve em vantagem e acabou por sofrer um golo na recta final do encontro. Rafael Nascimento garante que a equipa “não está fragilizada”, mas sim “ansiosa por vitórias”. “Estamos a dar o nosso melhor, mas os resultados não aparecem. Força e personalidade não nos faltam”, garantiu.

Do lado do Pedras Salgadas, Andrés Madrid considera o empate “injusto”. “É um resultado injusto. Dominámos do princípio ao fim. Tentámos criar várias situações de golo. Sofremos um penalti e vale o que vale. Tentámos inverter o resultado e acabámos por empatar. Com a equipa do Bragança colocada atrás da linha defensiva tornou-se difícil”.

Após 14 jornadas realizadas da série A do Campeonato de Portugal, Pedras Salgadas e Bragança estão em zona de despromoção. O GDB ocupa o 11º lugar com 8 pontos e a equipa termal é 10ª com 11 pontos.