Notícias

O Manifesto Comunista é um texto que continua actual. A convicção foi defendida, ontem em Bragança, pelo sociólogo António Morais, no âmbito da inauguração da exposição que assinala os 190 anos do nascimento de Karl Marx e dos 160 anos do Manifesto do Partido Comunista. 
O centro Escolar de Vimioso arrecadou o primeiro prémio no concurso nacional “Escola Alerta”. Uma iniciativa da Comissão Nacional de Coordenação para o Ano Europeu das Pessoas com Deficiência, onde participaram várias escolas do país.  
Já foi apresentado o cartaz de espectáculos das Festas de Nossa Senhora do Amparo, em Mirandela e que decorrem de 25 de Julho a 3 de Agosto. Ao contrário de anos anteriores, as Festa da Cidade não terão as já habituais barracas de bebidas na Zona Verde. Vão concentrar-se na Avenida do Santuário, junto ao rio com as tendas e diversões até ao parque de merendas e parque do Império onde vão decorrer alguns espectáculos musicais.  
A aldeia de Argana, em Macedo de Cavaleiros, está às escuras desde quarta-feira. A povoação, na freguesia de Lamalonga, foi afectada por uma forte trovoada que a deixou sem iluminação pública.  
Durante este Verão já deverá ser conhecido o projecto da barragem de Veiguinhas, no concelho de Bragança. A empresa Águas de Trás-os-Montes e Alto Douro, que está a fazer o terceiro estudo de impacte ambiental, acredita que em breve poderá apresentar as conclusões deste estudo com o projecto associado.  
Paulo Xavier foi reconduzido na liderança da concelhia de Bragança do PSD. O social-democrata vai assim cumprir o segundo mandato à frente da presidência. As eleições decorreram este fim-de-semana, havendo apenas uma lista candidata, encabeçada pelo presidente da Junta de Freguesia da Sé.  
Para prevenir casos de burlas ou assaltos de carteiritas, a PSP de Bragança organizou uma sessão com idosos da cidade para lhes dar algumas dicas de cuidados a ter. Participaram cerca de 40 idosos que residem em dois bairros problemáticos de Bragança.  
Se houvesse regionalização a linha do Tua, bem como toda a rede férrea do Douro, estaria hoje conservada. A ideia foi defendida por Miguel Cadilhe em Mirandela durante uma palestra subordinada ao tema “Interioridade e Centralismo”.  
Cerca de 60 mil euros foram investidos na construção de um calvário e na recuperação de uma capela na aldeia de Edrosa, concelho de Vinhais. A construção do calvário iniciou-se em Janeiro e foi feita para assinalar os 400 anos da confraria local e serve para a romaria que se realiza de sete em sete anos na freguesia em honra do Divino Senhor dos Passos.