Notícias

Alguns alunos do Instituto Politécnico de Bragança foram vítimas de assalto, nos últimos dias. Até ao momento há oito queixas formalizadas na PSP, mas segundo a associação académica do IPB poderá haver mais casos. As investidas aconteceram no Campus Académico ao longo das últimas três semanas.
Uma tromba de água e granizo poderá ter comprometido a produção hortícola do Vale da Vilariça. Ontem à tarde, durante mais de duas horas, choveu torrencialmente, ficando completamente alagadas grandes áreas daquele vale, que se divide pelos concelhos de Vila Flor, Alfândega da Fé e Torre de Moncorvo.
Ana Sofia Damião já recorreu da sentença ditada pelo Tribunal de Macedo de Cavaleiros que ilibava o Instituto Piaget da cidade de qualquer responsabilidade nas praxes de 2002. A ex-aluna não se conforma com a decisão dos juízes e quer que o caso seja analisado por um tribunal de instância superior.
Chegou ao fim o “pacto de silêncio” sobre as contas do NERBA, o Núcleo Empresarial da Região de Bragança. Nos últimos anos, as direcções nunca quiseram revelar os números relativos às dívidas, mas agora o actual presidente quebrou esse silêncio, em entrevista ao jornal A Voz do Nordeste.
Hoje é o Dia da Europa e estão previstas na região várias iniciativas para assinalar a data. Em Freixo de Espada à Cinta, os cerca de 500 alunos do concelho vão formar a bandeira da União Europeia com cinco mil flores feitas em papel.
Conciliar a cultura e o desporto é o que pretende a associação Mirandanças com a organização das Rotas do Douro Internacional desde Torregamones em Espanha a Miranda do Douro.
Decorre amanhã à noite no Teatro Municipal de Bragança a V Gala das Escolas e já tem lotação esgotada. Uma iniciativa da junta de Freguesia da Sé que conta com a participação de várias escolas da cidade. O dinheiro angariado na venda dos bilhetes vai ser cedido às instituições de ensino intervenientes na gala.
 O presidente da câmara de Mirandela quer que a maternidade seja reaberta depois de a ministra da saúde ter dito ontem na Assembleia da República que a realização de 1500 partos anuais não pode ser critério para encerrar as maternidades, sobretudo em zonas onde as pessoas revelam mais dificuldades em aceder aos hospitais.
A ponte Internacional de Quintanilha pode abrir à circulação no final do Verão. A garantia foi dada pela sub-delegada do governo espanhol em Zamora afirmando ainda desconhecer qualquer problema com a empresa espanhola responsável pela empreitada dos acessos à ponte do lado espanhol.