Visita guiada à exposição “Cabo Verde, o espírito de um lugar” pela pintora Graça Morais aos alunos do IPB

Qui, 17/05/2018 - 13:16


Ontem teve lugar no Centro de Arte Contemporânea, em Bragança, uma visita guiada à exposição da pintora Graça Morais, para os alunos do Instituto Politécnico de Bragança.

A exposição “Cabo Verde, o espírito de um lugar” contou com a presença da pintora que manifestou um sentimento de alegria: “é uma sensação muito forte e de grande alegria e reconhecimento. Fico muito contente por estes jovens do IPB, sobretudo os cabo-verdianos, saberem que houve uma portuguesa artista que olhou para o país deles com uma grande dignidade e que deixou para a história um documento que, na altura, eu não tinha a percepção da importância desta obra que é importante para mim e para o país” referiu a pintora. 

Uma das alunas que visitou a exposição é Melany de Brito Martins, de Cabo Verde. A estudante de Arte e Design, no IPB, confessou a saudade da sua terra: “fico muito feliz por ter uma pessoa a representar o meu país. Fico com a saudade do meu país e fico muito feliz por existir alguém que valoriza a minha terra” destacou a aluna.

Windy Fonseca Andrade do mesmo curso, da ilha de Santo Antão, de Cabo Verde, salientou o facto da arte do seu país ser evidenciada nesta mostra: “desde o primeiro momento que eu vi o cartaz da exposição e que era sobre Cabo Verde. Quem diria que eu iria estar em Bragança e que acolhia uma exposição do meu país? São muitos os alunos cabo-verdianos a estudar no IPB e é uma forma de demonstrar a cultura no nosso país”, evidenciou a aluna de Arte e Design.

A mostra reúne trabalhos e objectos pessoais da artista, 30 anos depois de ter passado pelo arquipélago. Cada quadro é um reviver dos tempos vividos e das suas experiências nas ilhas de Cabo Verde, na sua residência artística. Uma exposição patente até ao próximo dia 17 de Junho, e a 30 de Junho, o Centro de Arte Contemporânea Graça Morais vai comemorar 10 anos.

Escrito por Brigantia

 

Jornalista: 
Maria João Canadas