PUB.

Vimioso acolheu Conselho Nacional da JSD com atenção especial para a coesão territorial

PUB.

Seg, 15/04/2019 - 09:54


A Juventude Social-Democrata realizou este sábado o Conselho Nacional em Vimioso. Foi a primeira vez, pelo menos desde a década de 90, que o distrito recebeu a reunião da estrutura partidária. 

 A JSD aceitou o desafio da distrital de Bragança, como conta Paulo Afonso, presidente da juventude Social-Democrata de Bragança. “Lançamos esse desfio à nacional de o fazer aqui também numa lógica de coesão territorial nas iniciativas da JSD. Optamos por uma localidade que pudesse ser o espelho de algumas das problemáticas que temos aqui, em alguns concelhos do nosso território. Nomeadamente o da acessibilidade porque não é servida pela A4 nem pelo IC5”, destacou.

Um dos temas em debate e que preocupa a juventude social-democrata é a educação destacou a presidente da JSD, Margarida Balseiro Lopes. “A conclusão a que nós chegamos foi que a escola em Portugal está completamente ultrapassada. Nas propostas que fazemos, há uma aposta clara de modernização das escolas. Uma das áreas que nos preocupa muito tem a ver com o ensino profissional e propomos que seja permitido que as empresas possam entrar no capital social das escolas profissionais e possam começar a participar na definição da oferta formativa e os alunos consigam ter uma empregabilidade mais elevada”, adiantou.

Ainda este ano será realizado um Congresso Nacional da juventude social-democrata sobre a coesão territorial em que serão compiladas as propostas sobre este tema. A JSD de Bragança tem recomendações na área da ferrovia, ligação rodoviária a Espanha e do secundário em todos os concelhos. Escrito por Brigantia.

Jornalista: 
Olga Telo Cordeiro