Rural Castanea em Vinhais serviu para lembrar os problemas do sector

Ter, 14/11/2017 - 15:12


Este fim-de-semana celebrou-se o S. Martinho e por todo o país ninguém quis deixar de provar as tradicionais castanhas e jeropiga.

Por cá…Apesar dos cerca de 60% de quebra na produção de castanha, também não se passou sem ela.
Vinhais recebeu entre sexta e domingo mais uma edição da Rural Castanha, o certame onde a castanha é rainha e não faltou para comer e vender.
O presidente do município, Luís Fernandes, salientou que já está delineada uma estratégia para o combate à praga da vespa das galhas do castanheiro e assegurou que a câmara vai cobrir as despesas de tratamento. “O município já se disponibilizou para pagar totalmente todas as largadas necessárias da luta biológica, bem como assumir financeiramente todo o acompanhamento dos tratamentos necessários”, garantiu.
Abel Pereira, presidente da arbórea, sublinhou que é urgente resolver o problema da vespa das galhas na região.
Três dias com um cartaz recheado de animações, debates sobre o sector e claro não faltou o tradicional magusto no maior assador do mundo. O Magustão da família do Tio João, da Rádio Brigantia, levou até Vinhais muitos que aproveitaram o S.Martinho para se divertir.
Uma festa animada onde por momentos até foi possível esquecer a crise que o sector atravessa. Um problema que tem de ser lembrado e aproveitando a presença do secretário de estado do comércio no último dia da feira, Luís Fernandes pediu apoio ao governo para colmatar os prejuízos da quebra que a seca trouxe ao sector.
“ É importante pensar numa forma de compensar os produtores por essa quebra, porque é um facto, de que é muito importante na economia do concelho e terá que ser encontrada uma forma de os ajudar. Essa ajuda poderia ser de várias formas, como a isenção do pagamento da segurança social, ou outras formas que permita ajudá-los. Outra questão que nos preocupa é a necessidade de criar condições para fazer reservatórios de água, que permitam que muitas das produções que existem e que são plantadas de novo, tenham acesso à rega, que é hoje um factor fundamental”, explicou o autarca.

O secretário de estado do comércio, Paulo Alexandre Ferreira, respondeu dizendo que “o governo está atento”, tomou nota dos apelos dos produtores Vinhaenses, e que os encaminhará para a tutela.
Terminou assim mais uma Rural Castanea, o certame que é já uma imagem de marca de Vinhais e de todo o nordeste transmontano.