Miranda do Douro vestiu-se de gala para homenagear desportistas do concelho

Qui, 12/07/2018 - 08:57


O Grupo Desportivo Mirandês foi eleito “Projecto do ano” na VI Gala do Desporto do Município de Miranda do Douro, realizada ontem, à noite.

Um prémio especial para o clube que está a comemorar bodas de ouro e depois de se ter sagrado campeão distrital, garantindo, 18 anos depois, o regresso ao nacional de futebol.

João Castro, que venceu na categoria de “Dirigente do ano” mostra-se orgulhoso do trabalho realizado pela jovem direcção que lidera. O presidente do Mirandês garante que “é um projecto com futuro”.

Colectivamente, o Mirandês venceu ainda o troféu de “Equipa do ano” com a formação de benjamins, campeã distrital na última temporada, e o “Prémio Homenagem” pelos 50 anos de história.

A nível individual, Diogo Ribeiro arrecadou o galardão de “Futebolista do ano” e Luís Preto venceu na categoria de “Treinador do ano”.

“É uma honra receber este prémio. É um reconhecimento do trabalho realizado”, disse o treinador, que se mostrou satisfeito com a distinção.

Há 18 anos Luís Preto integrou o plantel que competiu no nacional e este ano repete o feito mas como treinador.

A Gala de Desporto do Município de Miranda do Douro distinguiu atletas, dirigentes, treinadores e clubes em várias modalidades, desde o desporto federado ao escolar.

Para Anabela Torrão, vereadora do município, a gala reflecte a dinâmica desportiva do concelho. “O desporto no concelho de Miranda do Douro está vivo e recomenda-se. Homenageamos os nossos talentos em diversas áreas do desporto”.

“Uma gala especial” para a autarquia já que o G.D. Mirandês comemora meio século de história e está de regresso ao futebol nacional.

“Estão de parabéns os seniores e os benjamins. A nível da formação a Escola Municipal está a fazer um grande trabalho com a formação”.

A subida do Mirandês ao Campeonato de Portugal significa um reforço da verba dada pela autarquia.

“Ainda estamos a estudar com o clube a verba. Sabemos que os encargos financeiros vão ser maiores e por isso nós, município, vamos ter que acompanhar e apoiar no que seja necessário”, garantiu Anabela Torrão.  

Além do G.D. Mirandês, a Câmara Municipal de Miranda do Douro apoio todas as colectividades desportivas do concelho. A nível financeiro o município investe, anualmente, cerca de 200 mil euros na área do desporto.

Na VI Gala de Desporto foi ainda distinguido o guarda-redes Anthony Lopes, que não esteve presente. O internacional português, natural de Miranda, que defende a baliza do Lyon, em França, recebeu o prémio “L’ Honra Mirandesa”.

 

 

Jornalista: 
Susana Madureira