Feira de Bragança foi retomada esta manhã

Sex, 08/05/2020 - 12:32


A feira voltou, esta manhã, a realizar-se em Bragança, depois de quase dois meses de ausência. Para já, só os vendedores de produtos da terra é que têm permissão para voltar ao activo

A decisão de reabrir os mercados, no âmbito das feiras semanais e quinzenais, foi tomada pela Comunidade Intermunicipal das Terras de Trás-os-Montes e agrada a todos os feirantes, que dizem que já era altura de se voltar a trabalhar. “Sou feirante em Bragança há 36 anos e nunca nos aconteceu isto, mas temos que nos adaptar aos novos tempos e à nova realidade. Fazia falta a feira em todos os aspectos, na parte monetária e no nosso ritmo de vida”, disse a comerciante Júlia Brás.

Foram várias dezenas de pessoas que, hoje de manhã, fizeram fila à porta do espaço em que a feira é realizada. As medidas são bastante apertadas: é obrigatório o uso de máscara, pelos feirantes e pelas compradores e só se entra à vez, para que não haja grandes aglomerados. Quem vende considera que é preciso compreender esta nova realidade. “O deixar entrar poucas pessoas terá que ser assim para o bem de todos, mas será complicado porque as pessoas têm pouco tempo para vir à feira e com esta espera toda acabam por ir embora e não voltar”, referiu uma feirante.

Os feirantes, para já, são poucos. Ainda assim, várias pessoas saíram de casa bem cedo e aproveitaram a reabertura da feira para comprar hortícolas para plantar. Quanto às medidas, é que não agradam a todos. “Tenho um quintal grande e quero plantar para comer. Está uma fila tão grande que é um pouco estranho”, disse Lília Fernandes.

Os mercados voltaram a ter autorização para se realizarem nos nove concelhos que integram a CIM Terras de Trás -os-Montes.

Escrito por Brigantia

Jornalista: 
Carina Alves