Centro de Investigação em Digitalização e Robótica do IPB procura parcerias com espanhóis

Qua, 16/05/2018 - 11:08


A Escola Superior de Tecnologia e Gestão em Bragança acolheu ontem o primeiro encontro transfronteiriço de investigação e inovação. 11 grupos de centros de investigação espanhóis aceitaram o convite do CeDRI, o Centro de Investigação em Digitalização e Robótica Inteligente do IPB, que nasceu em Janeiro deste ano.

Paulo Leitão, coordenador do CeDRI, explica que o objectivo do encontro é promover a cooperação entre instituições.

“Nós sendo um grupo recente, mas que já traz muitas competências do passado, decidimos trazer todos os grupos com que já temos algum contacto e parcerias no passado para fazer um fórum de apresentação, troca de ideias e partilha de conhecimentos visando o possível estabelecimento de cooperação e sinergias para o futuro, que podem passar pelo estabelecimento de projectos, investigação focada em dado objectivo conjunto e também o desenvolvimento de propostas de candidaturas de projectos transfronteiriços e europeus”, referiu.

O CEDRI conta com 18 investigadores das áreas da matemática, informática e electrónica e tem já em curso vários projectos com financiamento europeu, para além de desenvolver soluções de software e hardware para empresas multinacionais como a Siemens, a Whirlpool, a Electrolux, e a nível local a Catraport, que está instalada em Bragança.

Juan Carlos Fraile, escola de engenheiros industriais da Universidade de Valladolid, foi um dos participantes que mostrou interesse em parcerias com o IPB.

Doze centros de investigação da região de Bragança e Espanha nas áreas das Tecnologias de Informação e Comunicação, Inteligência Artificial, Sistemas Ciber-físicos industriais, Robótica, Cidades inteligentes e Modelação e Simulação juntaram-se ontem em Bragança para definir parcerias. Escrito por Brigantia.

Jornalista: 
Olga Telo Cordeiro