Caso de bebé que terá sido abandonado em Picote está a ser investigado pelo Ministério Público

Ter, 10/10/2017 - 12:50


O Ministério Público está a investigar o caso de um bebé que terá sido abandonado junto a um cruzeiro, em Picote, no concelho de Miranda do Douro. O insólito é contado hoje pelo Jornal de Notícias.

O diário adianta que a história foi conhecida na passada sexta-feira, quando o presidente da Junta de Freguesia de Picote, Gonçalo Peres, a ouviu no café e foi procurar o pastor que dizia ter encontrado a criança. Este confirmou que sim, mas que já tinha ocorrido há cerca de um mês.

Pelo sim, pelo não, o autarca decidiu ligar à GNR de Sendim, que investigou o caso e chegou ao pastor, que confirmou ter encontrado o recém-nascido, apenas, com uma fralda e envolto num lençol, cerca das 9 horas, quando passava com o gado.

O pastor contou ainda que se apercebeu que alguém estava a abandonar a criança e que lhe ofereceu dinheiro em troco do seu silêncio.

Disse também que entregou o bebé a dois elementos da GNR, o que não se verificou, pois as tais pessoas não eram da Guarda.

Os militares de Sendim conseguiram rapidamente localizar a criança e os seus alegados pais. O Ministério Público está agora a investigar esta estranha história. Escrito por Rádio Ansiães (CIR).