PUB.

Autarcas esperam que A4 traga desenvolvimento económico

PUB.

Qua, 10/12/2008 - 16:49


A Auto-estrada Transmontana vai beneficiar directamente os concelhos de Amarante, Vila Real, Sabrosa, Murça, Alijó, Mirandela, Macedo de Cavaleiros e Bragança abrangendo cerca de 250 mil habitantes. O dia da concessão da A4 era há muito esperado pela população e autarcas locais.  

O presidente da câmara de Bragança entende que este era um passo fundamental para desencravar a região e promover o desenvolvimento económico. “Esta era a prioridade porque sempre se considerou que sem boas acessibilidades não era possível abrir portas para o desenvolvimento” afirma Jorge Nunes.

 

Agora que o capítulo das acessibilidades está fechado, o autarca de Mirandela já sabe quais são as reivindicações que se seguem. “Agora temos de reivindicar ajuda nos factores de produção para que os nossos concelhos se tornem competitivos” refere José Silvano.

 

Com a construção da auto-estrada, o Governo prevê que haja um aumento da produtividade das empresas.

 

O presidente do NERBA também espera que assim seja mas lembra que há outras estradas que não podem ser esquecidas. “Há concelhos com algumas debilidades que deverão beneficiar com o conjunto das três estradas a construir mas é preciso fazer mais alguma coisa ao nível da rede viária intermunicipal” salienta Rui Vaz.

 

De realçar ainda que em 2011, viajar entre Bragança e Vila Real vai demorar menos 36 minutos que actualmente.

Escrito por Brigantia