Alfândega da Fé recebe este sábado um pólo da Bienal de Cerveira

Sex, 10/08/2018 - 10:14


A Bienal Internacional de Arte de Cerveira estende-se amanhã a Alfândega da Fé. 

A vigésima edição da iniciativa, que assinala 40 anos, acontece entre sábado e 23 de Setembro, tem o tema "Artes Plásticas Tradicionais e Artes Digitais- O Discurso da (Des)ordem". A Casa da Cultura Mestre José Rodrigues e o município de Alfândega da Fé associam-se ao evento, acolhendo a mostra "XX Artistas na Casa". Segundo a presidente da câmara de Alfândega da Fé, Berta Nunes, pretende-se dar mais visibilidade ao mestre, sendo ele um dos fundadores da bienal.

“O que pretendemos com esta extensão da bienal é começar a dar mais visibilidade ao facto de que o mestre José Rodrigues é de Alfândega da Fé, viveu aqui uma parte importante da sua vida e segundo ele próprio aqui se inspirou para muitas das suas obras”, destacou a autarca.

A exposição é inaugurada já este sábado e, conta com a curadoria da filha de José Rodrigues. A Casa da Cultura como o nome do Mestre acolhe artistas e amigos do escultor, com o objectivo de criar sinergias entre o desenho, a pintura, a fotografia e a escultura. Berta Nunes diz ainda que esta “extensão da Bienal de Cerveira, da qual José Rodrigues foi um dos fundadores,” é também “uma forma de continuar a trabalhar para continuara a preservar a memória” do artista que morreu em 2016.

A partir de amanhã, Alfândega da Fé recebe um pólo da Bienal de Cerveira. Escrito por Brigantia.

Jornalista: 
Carina Alves